Prazo prorrogado: OAB/SC conclama advocacia catarinense para sugerir melhorias na Justiça Trabalhista

21/06/2019 - Geral

Consulta TRT12.jpg

Após solicitação da OAB/SC, a presidência do TRT-SC prorrogou até 30 de junho o prazo para responder à consulta pública do Inova TRT-SC, o programa de incentivo à inovação cujo objetivo é melhorar a gestão e os serviços prestados pela Justiça do Trabalho.

A Seccional vai participar da consulta pública que está sendo aplicada pela Justiça do Trabalho em todo o país. Formulada pelo TRT12, a pesquisa quer identificar as principais dificuldades enfrentadas pelo público e será aberta a toda a sociedade. Questões sobre temas como a prestação jurisdicional, gestão de custos e Processo Judicial Eletrônico (PJe) estarão entre as possibilidades de avaliação.

“A interlocução e o diálogo são fundamentais entre as instituições. Em um ambiente em que os profissionais da advocacia possam colaborar para a manutenção e aprimoramento dos sistemas, não somente a advocacia vem a ganhar, mas também Judiciário e a própria sociedade, a quem se destina a prestação jurisdicional”, avaliou o presidente da Seccional, Rafael Horn.

Para responder as perguntas, os interessados têm até o dia 30 de junho. São vários níveis de acesso, correspondentes a diversos perfis. A parte em que o público externo pode participar é voltada a advogados, procuradores, peritos e partes. Já o ambiente de pesquisa ao público interno é restrito aos integrantes das áreas judiciária e administrativa da Justiça do Trabalho.

“Trata-se de uma oportunidade inédita e pioneira. A iniciativa dá ao advogado e à advogada trabalhista a oportunidade de indicar ao TRT os pontos sensíveis que demandam melhorias, bem como sugerir soluções para problemas na jurisdição. Acredito que a participação da advocacia é natural e que a classe tem muito a contribuir, visto que é um público conhecedor e atuante, e assim qualificado para responder os questionamentos”, incentiva o presidente da Comissão de Direito do Trabalho da OAB/SC, Gustavo Villar de Mello Guimarães.

“Inovar é um sonho continuado do homem. Na gestão e no processo, a Justiça trabalha dados para gerar informações e orientar decisões. Nisso, evoluções tecnológicas recentes permitem ampliar os sonhos e pretensões e ir além do habitual. Ajudem-nos a transformar essa imagem. Vamos inovar, recriar procedimentos, agilizar a entrega jurisdicional, baixar os custos da dicção do Direito, tornar a Justiça mais justa e promover a cidadania”, disse a presidente do TRT12, desembargadora Mari Eleda Migliorini.

Lembre-se! O prazo para preencher a pesquisa foi prorrogado e vai até 30 de junho. Para acessar a Consulta Pública clique aqui!

Assessoria de Comunicação da OAB/SC


Últimas notícias